NOSSO VERDADEIRO INIMIGO


Estamos em guerra, mas nossa luta não é contra carne nem sangue (contra pessoas).

Sendo assim, não temos que lutar contra nossos familiares, colegas de trabalho, vizinhos do bairro, estranho que passa na rua, motorista do outro carro, etc. Todos eles são pessoas normais, assim como nós, que ferem e são feridas. Quanto a isto, o propósito do inimigo é o mesmo: destruir a todos.

Segundo a Bíblia, este inimigo em comum odeia tudo que vem de Deus, onde se inclui o ser humano, que é a maior obra da criação. Desta forma, quando ele coloca uns contra os outros levantando brigas, discórdias, dissensões, porfias, dentre outras coisas, está apenas cumprindo com o propósito existencial que ele mesmo traçou para si.

Aqueles que estão em Cristo precisam compreender isto. Caso contrário, continuaremos tratando as pessoas como se fossem o alvo da nossa batalha, quando isto não passa de um engodo do maligno para desviar a nossa atenção do verdadeiro inimigo.

Volto a repetir, nossa luta não é contra carne nem sangue, não é contra pessoas. Mas sim, contra principados, potestades, príncipes das trevas, hostes espirituais da maldade nos lugares celestiais.

Sabe aquela birra que você tem contra o seu vizinho; aquela mágoa de alguém; a resistência com algumas pessoas; as constantes discussões; a ojeriza contra outrem? Tudo isto na verdade não passa de uma ação do inimigo para destruir a mim, a você e aos nossos relacionamentos.

O propósito principal de Deus é que sejamos catalisadores do bem. A função do catalisador, em resumo, é transformar tudo aquilo que é Tóxico (ruim) em Inofensivo (bom). Somos luz do mundo e sal da terra. Nossa função é, como luz, dissipar as trevas. Como sal, precisamos fazer a diferença.

Portanto, te convido a não se deixar levar pelas circunstâncias do dia a dia e pelas afrontas do maligno, a tomar a sua posição como guerreiro de Deus e lutar contra as investidas de satanás contra sua vida e daqueles que estão a sua volta. Convoco-te a assumir a sua posição e começar a guerrear.

Mas pastor, já falhei nesta batalha! Então levante a cabeça e volte para a guerra!

Continuaremos posteriormente falando sobre as nossas armas para esta batalha...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

TOP TRÊS DA SEMANA

SIGA O BLOG