VOCÊ TAMBÉM PODE INOVAR


Ao abordar o tema inovação, principalmente dentro da igreja, é bem provável que muitos cristãos ainda tenham a mentalidade retrógrada de achar que estamos falando de algo completamente profano e, portanto, inadmissível no meio religioso. Principalmente, porque a maioria daqueles que questionam está preocupada a defender um ponto de vista, sem ao menos conhecer e compreender o outro.

A capacidade criativa é fruto de um dom divino, não é algo aleatório produto do acaso e de uma evolução natural ocorrida quase que sem querer. Nossa capacidade de pensar, inventar, reinventar, fazer e refazer foram projetadas e já faziam parte de todo o pacote chamado ser humano.

Perdoem-me os céticos, mas acho interessante como um ser tão inteligente, programado e capaz de criar tantas coisas revolucionárias credita ao acaso algo tão espetacular como a inteligência humana. Se pensarmos bem, seria como daqui a algumas décadas os revolucionários robôs, com toda a sua inteligência artificial, começassem a pensar que sua memória, capacidade de responder rapidamente as questões do dia a dia, seu raciocínio lógico e inteligência fosse fruto de uma inovação tecnológica ocorrida após a explosão de uma bomba atômica.

Assim como não seria possível uma máquina adquirir inteligência artificial sozinha, o ser humano também precisou de um “projetista” e criador. Alguém mais poderoso, criativo e inovador que pudesse determinar quais seriam as maiores e menores qualidades da sua criação.

Pensando a partir do ponto de vista criacionista, baseados na Bíblia e nos fundamentos deste grupo de pensadores, é impossível pensar em um ser humano fruto do acaso e com uma capacidade de inovar tão poderosa que não tenha por trás dele uma mente superior, criadora e também inovadora.

Somos nada mais do que uma réplica do Deus Criador. Assim como Ele é dotado da capacidade de fazer novas e grandes coisas, nós também somos, pois foi Ele mesmo quem idealizou o ser humano com a capacidade de replicar as suas características.

Portanto, inovar não é algo para alguns apenas. Todo indivíduo possui a capacidade de inovar. A diferença é que alguns possuem a fé para fazer grandes coisas e colocam em prática o fruto da sua imaginação. Outros, infelizmente, preferem ficar olhando os outros inovarem.

Você também pode inovar!




Leia também:






Nenhum comentário:

Postar um comentário

TOP TRÊS DA SEMANA

SIGA O BLOG