30 janeiro 2019

(RE) APRENDENDO COM AS CRIANÇAS


Quando ficamos “adultos demais”, e nos esquecemos da importância de sermos criança, Deus nos presenteia com filhos, só para nos lembrar que ainda precisamos ter a alegria, a sinceridade, a pureza, o carinho, o amor... As qualidades de uma criança. Essa é a maneira divina de ressuscitar a criança escondida em cada um de nós!

Infelizmente, muitos preferem permanecer com o coração endurecido, perdendo a oportunidade de desfrutar da plenitude dos relacionamentos e dos aprendizados que surgem através da simples observação das atitudes e escolhas de uma criança.

Por exemplo, elas são amáveis, mas nunca insinceras. Não têm qualquer dificuldade em concordar ou discordar de alguém. Pelo contrário, são extremamente transparentes e dizem aquilo que pensam.

Pautam suas escolhas em desejos puros e verdadeiros, sem meias palavras e completamente comprometidas com seus projetos (brincadeiras). Vivem sem desperdiçar o tempo, aproveitam cada segundo da vida como se fosse o último; são intensas em tudo que fazem e buscam seus objetivos sem se preocupar com a opinião dos demais. É claro, uma criança ainda não possui a noção do certo ou errado, mas o que podemos aprender é a permanecer fieis ao propósito, persistência e resiliência.

Sabe o que nos impede de observar estas coisas e reaprender? Uma coisa chamada orgulho!

Infelizmente, tendemos a achar que somos experientes demais para continuar aprendendo. Principalmente, quando se trata de aprender com aqueles que achamos serem “inferiores” em conhecimento.

Contudo, se tivermos a humildade de olhar para a beleza, simplicidade e leveza das crianças, com certeza, conseguiremos adquirir grandes aprendizados. Ou seria melhor dizer readquirir?

De qualquer forma, pense sobre isto!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

O CARÁTER DE CRISTO EM NÓS