05 setembro 2018

CIDADÃOS CONSCIENTES


A palavra cidadania teve origem na Roma antiga. Derivada da palavra civis, ela representava todos os direitos que um indivíduo teria por ser cidadão romano.

Entretanto, enganam-se aqueles que pensam que qualquer pessoa poderia obter tal título. O mesmo só era concedido aqueles que tinham muitas posses, podendo, assim, pagar pela posição.

Atualmente, pelo menos em tese, as coisas não são bem  assim, visto que qualquer pessoa residente no nosso país, por exemplo, tem os mesmos direitos do que os outros.

Entretanto, quando olhamos para o dia a dia, as dinâmicas na área política, econômica, jurídica e profissional indicam, justamente um desnivelamento entre as classes sociais, uns com mais e outros com menos direitos. Tudo isto, fruto de uma distorção de valores e da corrupção da alma humana.

Jogar a culpa toda para cima dos políticos é fácil demais. todavia, não podemos nos esquecer de nossas responsabilidades como cidadãos. Somos todos co-autores desta democracia chamada Brasil, Sendo assim, co-responsáveis também por tudo que acontece por aqui.

Desta forma, não adianta gritar que um político é corrupto e subornar um agente na primeira blitz que passar; falar mal do partido "a" ou "b" e depois andar sem carteira de motorista por aí.

Precisamos ser cidadãos conscientes, que exercem sua cidadania com sabedoria e não se deixam levar por pequenos deslizes ou pelo bom e velho "jeitinho brasileiro"





Leia também:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

INCONFORMADOS COM O QUASE