30 julho 2018

UMA NOVA HISTÓRIA


Têm pessoas que passam a vida inteira presas ao passado. Independente do que tenha acontecido, ele não deve ser o lugar de morada. Tudo que aconteceu, sejam coisas boas ou ruins, podem até ser utilizadas como experiência, mas nunca como sentença perpétua.

Vejo, todos os dias, indivíduos vivendo como se os acontecimentos de outrora fossem imutáveis, não permitindo a entrada do novo em suas vidas. É como se tudo girasse em torno daqueles episódios. E olhe que não estou me referindo apenas às coisas ruins, traumáticas e desconcertantes do passado. Se entrar por esta questão é pior ainda.

O passado não é um fim, mas apenas um caminho pelo qual chegamos onde estamos hoje. Tudo que aconteceu é, sem dúvida, parte importante e imprescindível da sua história. Contudo, seja para continuar alcançando o sucesso ou para encontrá-lo pela primeira, é indispensável redirecionar o olhar e começar a pensar no presente e programar-se para o futuro.

Não se escreve uma nova história preso nas linhas do passado. Antes, é necessário deixar o que já foi, jogar fora o velho, e dar completa atenção ao novo. A única maneira de escrever uma nova história é zerando a antiga e começando uma nova.

Pense sobre isto!





Não esqueça de deixar o seu comentário!



Leia também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A ILUSÃO DA EXPECTATIVA