25 julho 2018

CRISTO NÃO ESQUECEU A PROMESSA


Desde o início a igreja sempre enfrentou inúmeras dificuldades. Sua existência passou por diversas provações. No princípio, os primeiros discípulos de Cristo tiveram que enfrentar a fúria dos romanos, o gnosticismo, a diversidade religiosa e milhares de outros problemas para poder se firmar e chegar até o presente momento.

A história está manchada com o sangue dos mártires. As páginas dos livros ecoam o grito de júbilo, misturado a dor e angústia, dos cristãos de todos os séculos. É incontestável o fato de que o cristianismo tenha permanecido de pé mais devido a um grande milagre do que pelos esforços dos seus precursores.

Seria impossível, diante de tantas perseguições a igreja permanecer firme se não tivesse alguém zelando por ela e pelos seus membros. Quando olhamos para trás e analisamos todo contexto histórico, percebemos que as palavras de Jesus, ditas momentos antes de sua assunção ao Pai, não só ecoam ao longo do tempo, como Ele também tem trabalhado para que ela se cumpra.

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mateus 28: 19,20).

Contudo, Cristo não deixou apenas uma promessa de proteção, antes delegou uma missão: Pregar e fazer discípulos. Ele tem cumprido sua parte no acordo, e nós, o que faremos com a nossa missão?

Pense sobre Isto!




Não esqueça de deixar o seu comentário!




Quer continuar lendo sobre o assunto? Vejo os links abaixo:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A ILUSÃO DA EXPECTATIVA