31 março 2012

Possibilidades


Uma pessoa sempre terá, no mínimo, duas possibilidades em sua vida. Escolher qual delas seguir será uma escolha individual. Inclusive, as consequências também serão de sua responsabilidade.

Cada possibilidade é uma nova oportunidade de fazer, ou refazer, algo novo em sua vida. São presentes, dados pelo criador a todos, de forma igual, para que todos sejam abençoados por Ele.
Alguns talvez questionem o fato de que existem muitas pessoas sofrendo, e que tudo isso é culpa de Deus, que faz com que os homens passem por momentos de dificuldades.
É fácil criticar o Eterno, se eximindo de suas responsabilidades. Difícil é assumir que as coisas que acontecem em suas vidas são de responsabilidade sua, ou de outra pessoa.
O Criador faz com que todos tenham as mesmas oportunidades, dá a todos os mesmos benefícios, as mesmas possibilidades, os homens é que, por egoísmo e ganância, acabam humilhando e destruindo aos seus semelhantes.
Deus faz com que o sol nasça sobre os bons e os maus, que a chuva regue toda a terra, que a mesma luz ilumine o mundo, e o oxigênio seja renovado em cada pulmão. A partir do primeiro suspiro de vida todo ser humano começa a desfrutar desses mesmos benefícios.
Da mesma forma, as oportunidades são dadas todos os dias aos habitantes do planeta. Aproveitá-las é uma questão individual. Cabe a cada um escolher corretamente as possibilidades que se apresentam a sua frente.
Talvez você já tenha ouvido alguém dizer, ou tenha dito, que determinada oportunidade só acontece aos outros, mas não percebe as inúmeras vezes que ela se apresentou a você.
Diante da possibilidade você usou aqueles célebres argumentos: “não consigo fazer”, “não tenho capacidade”, “isso é para fulano”. São desculpas que as pessoas acabam utilizando, sem perceber que estão deixando passar uma grande oportunidade.
Possibilidades são escolhas a serem feitas. Elas se apresentam todos os dias a nossa frente, o problema é que fazemos as escolhas erradas e nem mesmo percebemos. 

29 março 2012

Rotas de Colisão


Todo relacionamento tem algum tipo de conflito. Seja ele um relacionamento amoroso, familiar, fraterno ou profissional, sempre haverá algum tipo de problema a ser resolvido.
Isso ocorre todas as vezes que estão envolvidos dois seres humanos. Esse fator se deve ao fato de que ninguém é igual. Por mais que uma pessoa seja parecida com a outra, sempre haverá alguma coisa que as diferencia, levando a uma rota de colisão.
A rota de colisão pode acontecer por vários motivos. Seja ele uma discórdia em determinado assunto, pontos de vista diferentes, temperamentos, projetos e etc., ou seja, qualquer coisa que possa interferir no bom relacionamento, causando conflito.
Quando isso acontece, as partes envolvidas acabam entrando em discórdia. Normalmente, sem procurar encontrar qual é o verdadeiro problema e uma forma de solucioná-lo. Daí vem às grandes brigas.
O grande problema está no fato de que todo mundo quer impor sua vontade aqueles que estão a sua volta. Ninguém quer aceitar e respeitar a opinião dos outros. Apenas aquilo que pensa tem alguma importância e valor.
Isso não significa concordar com os erros, não é isso que estamos falando. O assunto que tratamos são as diferenças, e aceitar as pessoas como elas são é à base de todo relacionamento.
Jesus se tornou um dos maiores líderes de todos os tempos, justamente, pelo fato de que sabia aceitar os seus liderados como eles eram, mesmo sabendo que havia muita diferença entre eles.
Para conviver bem em sociedade é extremamente necessário que o indivíduo saiba aceitar os outros, respeitá-los como são e manter um relacionamento sem preconceitos, lembrando sempre, que é possível evitar as rotas de colisão e viver bem.

26 março 2012

Não seja um Fofoqueiro!


 Existe um tipo de pessoa que pode ser encontrada em qualquer lugar. Independente da religião, cor raça, nacionalidade ou status social ali está ela, pronta para usar sua boca para maldizer e atacar os demais.
Os fofoqueiros são pessoas medíocres. Incapazes de crescer, conquistar e infrutíferas. Nunca fazem nada que seja útil na vida. Tem como única tarefa tentar destruir aqueles que estão do seu lado.
Isso ocorre porque elas sabem que nunca conseguirão alcançar o mesmo nível, status e objetivos que as outras pessoas. Por isso, usam sua boca para denegrir a imagem dos outros, ou mesmo tentar colocar as pessoas da equipe uns contras os outros. Sua língua está cheia de veneno de serpente.
Todo fofoqueiro é, em primeiro lugar, um grande mentiroso. Ele vive inventando mentiras para destruir amizades, casamentos, relacionamentos familiares, empregos e vidas. Tudo que fala tem o poder de causar destruição.
A Bíblia diz que: “Os lábios mentirosos são abomináveis ao SENHOR, mas os que agem fielmente são o seu deleite” (Provérbios 12:22). Não se iluda, Deus abomina todos aqueles que têm o prazer em inventar mentiras contra o seu próximo.
Às vezes, um fato nem é mentira, mas o mentiroso tem a capacidade de aumentar, ou distorcer, a própria verdade para justificar seus atos e atacar aqueles que estão a sua volta.
Deus ama aqueles que são carregadores de boas notícias, que usam seus lábios para sarar feridas, ao invés de abri-las. Todos os que utilizam sua boca para abençoar Deus derrama da sua benção e proteção.
Portanto, tome cuidado com o que você diz, com as mentiras que inventa e com as palavras que saem de sua boca. Lembre-se que o Eterno pedirá contas a você de todas elas. Não seja canal de destruição, mas sim de benção e vida. Não seja um fofoqueiro!

23 março 2012

A Felicidade Eterna


O que te faz feliz? Quais são seus motivadores de sua alegria? Onde você tem buscado a felicidade? Essas perguntas são importantíssimas, pois apontam para onde você está colocando sua confiança, anseios e expectativas.
Todo ser humano, independente de sexo, cor, religião ou status social, vive em busca da tal felicidade. Ela é uma das coisas mais importantes da vida, além de ser também um dos maiores anseios de todos.
Alguns, sem se preocupar com o amanhã, a procuram de forma desordenada, e, infelizmente, acabam encontrando apenas decepção e desilusão em sua caminhada. Buscaram a felicidade onde só poderiam encontrar tristeza, amargura e insatisfação.
Outros buscam em coisas passageiras, que hoje, aos seus olhos, tem um valor inestimável. Mas, depois que alcançam o objeto de seu desejo, acabam percebendo que a busca pela felicidade é algo mais profundo e difícil de encontrar.
Procurar alegria em coisas passageiras é o mesmo que querer construir uma casa nas areias da praia. Você pode até colocá-la de pé, mas muito em breve, alguma coisa a derrubara.
É claro que não é proibido conquistar novas coisas. Não estamos falando aqui sobre isso. Estamos falando sobre base, fundamento. Daquilo que pode fazer o homem feliz, independente da situação que esteja passando.
Falamos de uma alegria que não depende das circunstâncias, dos bens, do dinheiro, ou qualquer outra coisa. Esse tipo de coisa pode até trazer alguns momentos de felicidade, mas são passageiros, temporais.
Por isso torna-se de extrema importância que o indivíduo saiba onde e como procurar. Afinal, buscar no lugar certo pode satisfazer completamente todos os anseios de seu coração.
Alguns até consideram utopia, mas não existe lugar melhor para se encontrar a felicidade, se não ao lado de Deus. Apenas no Eterno temos a possibilidade de viver intensamente à alegria, independente do momento, situação ou problema que estejamos passando.
Isso porque, Jesus prometeu a todos aqueles que creem nele, rios de água viva jorrando de seu interior. Essa é uma alegria eterna e impossível de ser tirada. Movidos por ela, as circunstâncias adversas são apenas montanhas a serem transpostas.
Todos aqueles que decidem viver a promessa do Mestre, encontram uma alegria sem fim, capaz de motivar toda sua existência, além de tirá-los das trevas da infelicidade, amargura e depressão.
A verdadeira felicidade é algo eterno, sobrenatural e divino. É a certeza da presença do Espírito Santo agindo e movendo em nós. Ela começa quando recebemos a Jesus e durará eternamente.

20 março 2012

As Críticas Geram Maturidade

A maioria das pessoas não sabe como reagir diante das críticas que recebem. Normalmente, elas tomam atitudes precipitadas, sem se preocupar com as consequências dos seus atos. 

O que elas não percebem é que toda crítica pode trazer algum tipo de benefício, além de contribuir para o seu crescimento. Na verdade, como você reage diante das críticas é essencial para o seu desenvolvimento, seja ele na área física, familiar, profissional ou espiritual. 

É claro que existem pessoas mal intencionadas, que tem o prazer de menosprezar e diminuir tudo que os outros fazem. Esse tipo de gente age motivada pelo ciúme e inveja, sempre com a intenção de entristecer. 

Mas, mesmo nesses casos é possível tirar proveito, aprender e crescer com essas situações. Tudo dependerá da maneira como você reage aquilo que disseram. Caso não se deixe abalar pelas alfinetadas, poderá demonstrar maturidade aos que estão a sua volta. 

Todas as pessoas recebem críticas a todo o momento. Nem mesmo Jesus escapou do julgamento exagerado daqueles dos seus adversários. A diferença é que em todas as ocasiões Ele tirava proveito daquilo que diziam para repreendê-los, ou mesmo para trazer algum tipo de ensinamento para os seus discípulos. 

Ao receber críticas você pode fazer dois tipos de escolhas. A primeira é tirar proveito da situação e crescer. A segunda é ficar pelos cantos reclamando. Uma o levará direto ao êxito, a vitória. A outra o conduzirá direto para o fracasso, a derrota. 

Aprenda a tirar proveito daquilo que dizem a seu respeito, seja isso bom ou ruim, lembrando sempre que por mais difícil de aceitar que seja a crítica, ela sempre o conduzirá ao crescimento. Toda crítica vem para gerar maturidade. 

Os fracos são os primeiros a desistir no momento em que são criticados. Os fortes enfrentam as críticas, e ainda tiram proveito delas. que tipo de pessoa é você?

19 março 2012

Até que a Morte os Separe?

Todos conhecem a celebre frase, imortalizada em casamentos por sacerdotes de várias religiões, que diz: “Até que a morte os separe”. Muitos casais sonharam em um dia poder compartilha-lha com a pessoa amada. Mais do que isso, desejaram vê-la cumprida em sua vida.
Mas, o que temos visto ultimamente é um número enorme de casamentos sendo destruídos por brigas conjugais em tribunais, além vários outros problemas relacionados à vida a dois. Isso sem contar as inúmeras ofensas, ditas de ambos os lados, tomando lugar do desejo de ser feliz eternamente com a pessoa amada.
O problema é tão grande, que boa parte dos casais que sobem ao altar ultimamente, já o fazem com a expectativa de que o relacionamento não dará certo. Como prêmio de consolação passaram a utilizar a frase: “se não der certo separa e arruma outro.”
O mais triste nisso tudo, é que a igreja de Jesus tem se conformado com essa tendência mundana, que nada tem haver com as práticas divinas elaboradas para o casamento, e tende apenas a piorar o problema.
Alguns, mais liberais, atenuam a questão, utilizando como desculpa a modernidade e a maneira como o homem passou a administrar os relacionamentos. Dessa forma, acabam prejudicando aqueles que chegam para pedir algum tipo de ajuda.
A verdade é que a igreja tem como obrigação despontar como modelo para uma geração corrompida e desestruturada. Portanto, cabe a ela a incumbência de levar a palavra de Deus de forma pura, mostrando o que é certo ou errado, dentro dos padrões divinos.
É claro que não estamos dizendo que se deve desprezar as pessoas divorciadas que chegam até nós, pelo contrário, devemos ajudá-las,trabalhar para que as feridas causadas no rompimento precoce do relacionamento sejam saradas.
Mas, também não podemos ficar estáticos. É preciso ensinar as pessoas que compõe nossas igrejas sobre a importância do casamento e como agir dentro dele. É preciso ensinar a valorizar, novamente, o matrimônio, visto que muitas pessoas chegam completamente contaminadas pelo modo de agir e pensar do mundo.
O casamento é a mais bela expressão de um relacionamento. Não podemos deixar que desavenças, brigas discórdias, incompatibilidade de genes, e outras coisas acabem com ele.
O mundo não precisa de novas técnicas mirabolantes para manter o casal cada vez mais perto. Ele precisa de pessoas que se levantem com coragem de assumir o matrimônio sem observar os padrões degradantes que corrompem nossa sociedade.

15 março 2012

Desculpas Esfarrapadas


Volta e meia encontramos pessoas dizendo que não conseguem vencer os seus erros. Segundo elas, por mais que tentem, parece ser impossível permanecer fiel em meio às tentações que se apresentam.
Vivem baseadas em desculpas, algumas até com fundamento, mas que não levam a lugar nenhum. Como diz o ditado, são penas “desculpas esfarrapadas”, ou seja, algo sem valor e que todos sabem não ser a causa principal do erro.
Deixar de fazer aquilo que é errado não passa de uma decisão pessoal. Ela não depende daqueles que estão ao redor. São escolhas que cada indivíduo deve fazer, todos os dias de sua vida.
Todos conhecem a história de Caim e Abel, onde o primeiro mata o segundo por causa de inveja. O que a maioria deixa passar despercebido é que, mesmo antes de errar, O Senhor repreendera a Caim sobre o erro que proporá em seu coração de cometer.
O Eterno diz o seguinte para Ele: “o pecado está a sua porta, cumpre a você vencê-lo.” Repare que o Senhor não diz que o livraria do pecado, ou que o jogaria direto nele. Pelo contrário, a palavra é enfática em dizer que a responsabilidade de vencer o pecado era dele e de mais ninguém.
Alguns, mais cara de pau, dizem não ter conseguido vencer a tentação que lhe sobreveio. Mas, a Palavra declara que: “não veio sobre nós tentação que não fosse humana; mas, fiel é Deus, que junto com a tentação, envia o escape.”
Por mais difícil de vencer que seja o pecado, lembre-se de que é responsabilidade sua vencê-lo. A parte que cabia a Jesus já foi realizada, agora é uma questão individual que envolve renuncia.
Melhor do que viver dando um monte de desculpas esfarrapadas, cada uma das vezes que comete algum tipo de erro, é reconhecendo que errou e confessando o seu pecado.
Somente após confessar o seu pecado, a pessoa encontrará cura para sua alma e poderá seguir em paz, sem o peso e a condenação da transgressão que cometera.

14 março 2012

O Melhor Investimento


Todos sabem que é preciso fazer bons investimentos para o futuro. Dentro dessa perspectiva existem investimentos bons, ruins, razoáveis e péssimos. Alguns trazem benefícios e outros podem acumular dívidas para vida inteira.
Por isso, é preciso saber no que irá investir e quais os riscos que pode correr, caso o investimento não dê certo. Portanto, é de extrema importância que o indivíduo saiba onde e como investir.
Por incrível que pareça, na vida espiritual é a mesma coisa. É preciso saber onde e como investir. Caso contrário, poderá acabar colocando tudo em um lugar que não lhe trará retorno algum.
Por isso Jesus foi tão enfático quando ensinou aos seus discípulos sobre a importância de se buscar, em primeiro lugar, o Reino dos Céus. Ele sabia que esse seria o melhor lugar para investir, pois é uma aplicação eterna.
Todas as vezes que alguém prefere passar mais tempo orando, aprendendo da palavra e fazendo a vontade do Pai, está investindo diretamente na eternidade. Cada vez que investe em outras coisas, está fazendo um investimento temporal, passageiro.
Jesus continuou dizendo, que o investimento eterno não pode ser roubado e nem se degrada, diferente da moeda terrena, que além de passageira, pode ser facilmente usurpada, ou se deteriorar.
É claro que ambas as atitudes são escolhas de cada pessoa. Ninguém é obrigado a fazer aquilo que não quer. Porém, a partir do momento que decide fazer torna-se completamente responsável por elas.
Todo investimento é uma questão de sabedoria. Fazê-lo sempre será uma escolha sua. Onde você irá investir, naquilo que é eterno ou naquilo que é temporal? 

12 março 2012

Erros e Acertos


A vida é feita de erros e acertos. Ninguém consegue viver sempre acertando. Todos acabam cometendo algum tipo de deslize em algum momento da vida, sejam eles pequenos ou grandes.
O segredo está em como você reage diante de cada situação. Isso porque, você pode se conformar com as coisas certas que fez no passado, e nunca procurar ou melhorar. Da mesma forma que pode viver tentando esconder seus erros daqueles que estão a sua volta.
Em ambos os casos, o maior perigo está, justamente, na acomodação. Todas as vezes que uma pessoa se torna indiferente as suas próprias atitudes, ela acaba desperdiçando uma grande oportunidade de crescimento.
As escolhas que o homem faz, de alguma forma, trarão consequências para sua vida. Tais consequências podem ser boas ou ruins. Mas, pior do que isso, é quando ele permanece estático diante dessas consequências.
Cada experiência vivida por um indivíduo é uma oportunidade de crescimento e amadurecimento. Não tomar as atitudes corretas, ou não procurar compreender o que significam, pode resultar em fracasso futuro.
Aliás, o futuro depende das reações que se tem diante dos erros e acertos da vida. Permanecer estático diante deles é o mesmo que assinar um atestado de fracasso, ou regressão.
Ao invés de ficar reclamando, murmurando e questionando seus erros e acertos, procure aprender com eles. Veja quais são os prós e os contras de cada situação, para que no futuro possas utilizá-lo em benefício próprio.

09 março 2012

Qual é a Base do seu Relacionamento com Jesus?


Certa vez Jesus estava pregando, logo após a multiplicação dos pães e peixes, sobre o fato de que a grande maioria das pessoas estava ali apenas por causa daquilo que Jesus daria, dos milagres que Ele faria e daquilo que poderiam ganhar.
Como consequência desse discurso, muitos começaram a ir embora, alegando que suas palavras eram duras demais. Eles foram embora por não suportarem ouvir aquilo que o Mestre estava dizendo.
É interessante como isso vem ocorrendo com frequência em nosso meio. Basta buscar rapidamente uma resposta junto aqueles que abandonaram a Jesus, e teremos as mesmas desculpas daqueles homens e mulheres de dois mil anos atrás.
Quantas pessoas nós conhecemos, que abandonaram a Jesus por motivos banais. A grande maioria deserta da missão do evangelho, porque não quer, ou não gosta, de ser confrontada.
São pessoas melindrosas, que nunca tiveram um encontro verdadeiro com o Senhor Jesus. Vivem buscando apenas as bênçãos materiais, curas e milagres. Mas, na hora em que são confrontadas abandonam o Mestre.
O seu relacionamento é baseado em interesses pessoais. Não valorizam a pessoa do Messias, não se importam com seu sacrifício. Vivem como aves de rapina, esperando apenas o momento oportuno para atacar e pegar aquilo que possa satisfazer seus desejos carnais.
Em que está fundamentado seu relacionamento com Jesus? Você está ligado a Ele por causa daquilo que pode receber, ou por causa do amor? Ao responder, não se preocupe em escolher as melhores palavras, pois o que realmente definirá isso são suas atitudes. 


06 março 2012

O Campo de Batalha


Todos os dias somos confrontados a desistir de tudo aquilo que Jesus fez por nós. O inimigo lança constantemente pensamentos de derrota e de pecado, com o único objetivo de nos tirar da presença do Rei.
Na maioria das vezes são pensamentos sutis, aparentemente inofensivos, mas que se forem aceitos e alimentados, acabam levando a pessoa ao erro. Essa é uma pequena estratégia, utilizada pelo adversário para desestabilizar o relacionamento com o Pai.
Quando Jesus ensinou aos seus discípulos sobre a importância da vigilância e da oração, uma das coisas que Ele tinha em mente era, justamente, esse tipo de investida do maligno. O Senhor sabia que o maior campo de batalha do homem é em seu pensamento.
Uma pessoa precisa estar vigiando a todo instante, para que não caia nas armadilhas, lançadas constantemente, em sua mente. Caso contrário, será um alvo fácil diante das duras investidas do tentador.
É importante frisar, que em momento algum o inimigo domina a mente da pessoa, pelo contrário, ele apenas sugere que seja tomada determinada atitude, ou que seja dita tal palavra. O indivíduo é quem decide se irá, ou não, fazer aquilo que está pensando.
Outro fator interessante, é que em muitos casos, as pessoas ficam alimentando pensamentos degradantes, como se eles fossem bons. A maioria dos casos de depressão acontecem porque o indivíduo nutriu as fantasias que norteavam sua mente.
É de responsabilidade da pessoa, lutar contra os desejos que a atacam todos os dias. Ceder diante das tentações é o mesmo que aceitar a vontade do maligno sobre sua vida.
Jesus nos libertou do império das trevas. Não permita que o inimigo continue controlando sua mente, colocando pensamentos degradantes, além de levá-lo de volta as práticas do pecado. É uma questão de escolha, vigie para que não seja derrotado pelo adversário.

01 março 2012

Viva Intensamente Cada Momento


O que você faria se tivesse apenas um dia de vida? Quais seriam suas atitudes? O que diria para seus familiares e amigos? Com quem se retrataria?
Embora essas indagações normalmente sejam feitas e pessoas que estão vivendo os últimos dias, é importante que todo indivíduo as faça. Afinal de contas, elas fazem parte do cotidiano do ser humano.
Embora muitos deixem passar despercebido, ninguém sabe o que será do amanhã. O homem não sabe o dia e a hora que irá morrer.  A morte ainda é uma incógnita, um mistério, a limitada mente humana.
O certo é que a pessoa deve viver cada instante como se fosse o último de sua vida. Deve aproveitar todas as oportunidades dadas por Deus, afinal, amanhã pode nunca existir para ela.
Certa vez Jesus disse o seguinte: “Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? (Lucas 12:20). De certa forma, o que o Mestre está querendo passar para seus discípulos é justamente o fato de que ninguém sabe o que será amanhã.
É preciso aproveitar cada oportunidade, pois elas são tesouros deixados pelo Eterno. Não se pode deixar de dizer a pessoa amada o quanto ela é importante. Não se pode perder tempo em desavenças que não levam a lugar nenhum.
Sabe as perguntas do início? Responda cada uma delas sinceramente. Caso seja necessário, tome as atitudes corretas, procure por aqueles com quem precisa se reconciliar, maneire nas palavras. Não se esqueça de amar mais, sorrir mais, abraçar mais e arrepender-se mais.
Viva intensamente cada instante de sua vida. Aproveite cada momento dado pelo Criador. Lembrem-se, cada minuto é único na curta odisséia chamada vida.

ATENTOS AOS DETALHES