31 outubro 2011

A Verdadeira Fortaleza do Homem


Para onde você olha quanto tudo vai mal? Qual seu lugar de refúgio? Onde você se esconde quando o inimigo se levanta? As respostas para essas perguntas expressam muito mais do que certeza, elas demonstram onde está depositada sua confiança.
Muitas pessoas colocam sua confiança em lugares errados, e por esse motivo acabam sucumbindo quando as lutas vêm. A fé delas está depositada em algo frágil, e que não pode livrá-las do infortúnio que lhes sobreveio.
Todas as vezes que um indivíduo deposita sua certeza no dinheiro, no poder, na fama, ou no próprio homem, está assinando seu atestado de derrota. Isso porque, por mais que tudo isso pareça ser extremamente poderoso para livrar, eles são tão vulneráveis quanto qualquer outra coisa.
O Salmista declarou certa vez que o Senhor era a sua fortaleza, a sua força, o lugar onde ele depositava toda sua fé. Ele tinha a certeza de que quando os problemas se levantavam o Eterno estava sempre pronto para lhe proteger.
Fazer do Altíssimo sua fortaleza aponta para uma total dependência dEle. É o mesmo que se esconder atrás de uma cidade fortificada onde o inimigo não tem poder para entrar, por mais que ele tente, que lance seus ataques, ela é impossível penetrar.
Você tem duas escolhas, depender de suas próprias forças, do dinheiro, ou de qualquer outra coisa, ou depender completamente das mãos poderosas do Eterno trabalhando todos os dias ao seu fazer. Ele é a verdadeira fortaleza do homem.

28 outubro 2011

O Crescimento é Algo Natural

A coisa mais natural do mundo é ver uma criança brincando com roupas e sapatos dos pais. Mais do que uma tentativa de crescer, esse tipo de atitude faz parte do processo natural da vida, afinal de contas, os filhos admiram os pais.
A criança cresce de forma natural, ninguém precisa agarrá-las pelo braço e esticar para que cresçam. A vida se encarrega de cumprir esse propósito. Não adianta ficar nervoso, nem tentar adiantar o que a natureza se encarrega de fazer sozinha.
O mais interessante é que o ser humano vive esse processo de crescimento durante toda sua vida. É claro que chegará um momento em que o corpo irá chegar em seu limite, porém, a pessoa continuará crescendo, mas de formas diferentes.
Nesse sentido podemos tomar como exemplo a vida profissional, familiar, social, financeira, ministerial e espiritual. Em cada uma delas será preciso continuar desenvolvendo novas habilidades e aprimorando aquelas que já fazem parte do seu repertório.
Esse processo também é diário, aqueles que se limitam com que já alcançaram correm o risco de ficar desatualizados, ou até mesmo serem preteridos por outros mais qualificados.
Assim como uma doença pode impedir o crescimento natural do corpo, o ser humano também pode ser contagiado por doenças que irão impedir seu crescimento em outras áreas de sua vida.
Podemos tomar como exemplos a preguiça, a falta de investimento pessoal e educacional, o orgulho e a arrogância. Poderíamos citar muitas outras atitudes capazes de impedir uma pessoa de crescer perfeitamente, fica aqui o desafio para que cada um possa fazer sua avaliação e descobrir o que está impedindo se crescimento.
Outro fator interessante que também pode atrapalhar, é tentar adiantar o processo de crescimento. Por exemplo, existem pessoas que fazem de tudo para chegar ao objetivo, e acabam deixando de cumprir algumas etapas essenciais para o crescimento. Essa também é uma doença que pode impedir o crescimento de um indivíduo.
Para chegar ao crescimento perfeito é preciso aprender a observar e cumprir todas as etapas propostas. Qualquer trilha, ou atalho, pode atrasar o indivíduo em sua trajetória rumo à maturidade.

27 outubro 2011

Você é Responsável Pelas suas Atitudes


Existem atitudes tomadas pelo ser humano que podem aprisionar ou libertar. Tudo depende da escolha feita por cada indivíduo. Saber escolher como, onde e por que de cada ação faz parte do projeto de Deus.
Diferente dos animais, que agem por instinto, os homens nasceram com a capacidade de poder escolher entre fazer o certo ou o errado. É uma questão completamente pessoal. É tudo uma questão de escolha.
Existem aqueles que lançam a culpa dos seus atos no destino, na natureza, na família, na esposa... Mas a verdade é que todos os seres humanos tem a liberdade de escolher o que farão, ou deixarão de fazer.
Ninguém é obrigado a nada, e decidir sempre estará completamente ligado aos desejos do coração. Ninguém faz alguma coisa sem querer fazer. É possível dizer que não tínhamos a intenção de prejudicar, mas que não queríamos é uma desculpa para fugir da responsabilidade.
Não se pode dizer que mentiu sem querer, afinal de contas, para mentir é necessário pensar, formular, conjecturar. É uma ação, fruto de uma escolha, onde havia, no mínimo, duas sentenças possíveis.
Aliás, esse é o padrão de toda e qualquer escolha. Sempre haverá mais de uma possibilidade, mas apenas uma delas é a verdadeira, a certa, a perfeita. Quando age, a pessoa já teve a oportunidade de avaliar todas as possibilidades possíveis. Dizer que não queria, ou jogar a culpa para cima de outra pessoa, é uma forma de tentar fugir da responsabilidade.
As pessoas que agem dessa forma acabam perdendo a credibilidade. Todos que estão a sua volta passam a olhar com desconfiança para suas atitudes. Com o tempo, perdem completamente a moral e ficam desacreditados na comunidade onde convivem.
O arrependimento é a melhor forma de consertar aquelas atitudes indesejadas. Através dele o indivíduo é capaz de encontrar cura para todos os sentimentos pecaminosos que estão escondidos em seu coração e que tentam a todo o momento levá-lo a praticar aquilo que é o mal.
Somos todos responsáveis por aquilo que decidimos fazer, seja isso bom ou ruim. A escolha é sua, ninguém poderá tomar qualquer decisão por você. 

25 outubro 2011

O Tempo Passa Rápido


Todos sabem que o tempo passa rápido. Ele não para. Cada segundo vivido nunca mais irá voltar, ninguém conseguirá vivê-lo novamente, ninguém consegue fazê-lo parar.
O tempo é implacável, ele não atenta para raça cor, status, dinheiro ou fama. Segundo após segundo ele vai dividindo e diminuindo o tempo de existência de todas as coisas.
Nada pode detê-lo, nem o amor ou o ódio, a lentidão ou rapidez, tem o poder de domá-lo. Ele não é movido pela vontade humana, mas pela palavra do Eterno que o criou e o administra perfeitamente.
As pessoas fazem planos para o futuro sem planejamento algum, e quando percebem o tempo já passou e tudo que havia sido planejado ficou para trás.
Esse é justamente o problema da maioria das pessoas, elas não percebem que o tempo perdido nunca mais voltará, que não há forma de fazê-lo retroceder, não há como recuperar aquilo que já passou.
Os dias passam como uma fumaça que sobe, e logo desaparece. Eles passam tão rápido que não percebemos, quando nos damos conta já foram anos de nossas vidas e nada foi aproveitado como deveria.
O que foi vivido hoje daqui há alguns instantes será apenas parte de uma vaga lembrança de um passado distante. Pior do que a lembrança é saber que não conseguiu concretizar aquilo que havia elaborado.
Por isso, é preciso saber viver bem, priorizando as coisas mais importantes da vida. Não é possível viver deixando para depois aquilo que realmente é capaz de fazer a diferença no futuro.
É preciso viver o tempo chamado hoje, como se não houvesse expectativa alguma para o amanhã. Afinal de contas, o tempo passa rápido demais para ser desperdiçado com futilidades.

24 outubro 2011

O Silêncio de Deus


Existem momentos na vida que parece não haver respostas para as orações. Nesses momentos da à impressão de que Deus se esqueceu de nós, ou no mínimo está irado com alguma coisa que fizemos.
O pior é que normalmente a dor da solidão, da falta de respostas, parece ser pior do que os próprios problemas que estamos enfrentando. Nessas horas os sentimentos de inutilidade e rejeição são latentes em nossa alma. Em alguns casos o desespero bate de forma tão assustadora que parece não haver nenhuma esperança.
Esse não é um problema específico de uma determinada pessoa, inúmeros heróis da fé passaram pelas mesmas circunstâncias e venceram. Melhor do que isso, saíram ainda mais fortalecidos e com sua fé no Senhor ainda maior.
Um bom exemplo é do servo Jó, um homem que tinha tudo, mas que de uma hora para outra acabou enfrentando uma tormenta indescritível ao coração humano. Por mais que tentemos imaginar o que ele sofreu fica difícil diante de tantas dores e decepções.
Muitas pessoas abandonariam o barco na primeira oportunidade que tivessem, seguiriam o conselho da esposa e tentariam contra própria vida, ou procurariam ajuda em outros lugares, como tem feito à maioria.
O segredo da vitória está justamente em permanecer fiel. Mesmo que você não consiga ouvir a voz de Deus continue crendo que Ele está do seu lado. Nem sempre o silêncio significa que o Senhor deixou de ouvi-lo, ou mesmo o abandonou a própria sorte.
Tudo que o Eterno faz tem um propósito. Ainda que nossa limitada mente humana não consiga alcançar Ele está no controle da situação, trabalhando a favor daqueles que o amam e o buscam.
Jó experimentou muitas dificuldades na sua vida, mas em determinado momento da história pode declarar algo que ecoa até os dias de hoje nos dando esperança e renovando nossa fé. Ele disse: “Com os ouvidos eu ouvira falar de ti; mas agora te veem os meus olhos.” (Jo 42: 5).
Talvez os mais despercebidos não tenham notado o que está nas entrelinhas das palavras desse grande homem de Deus, mas o que ele queria dizer realmente é que diante de toda dificuldade chegou um momento em que pôde ver o Senhor caminhando com ele em todos os momentos difíceis que passou. Ele conseguiu enxergar o Eterno andando do seu lado.
Pode parecer estranho, mas o silêncio de Deus não significa que Ele nos abandonou, mesmo sem qualquer palavra Ele está trabalhando a nosso favor. Ele nunca deixa de cumprir sua promessa de estar sempre ao lado daqueles que lhe são fiéis.

22 outubro 2011

Maravilhosa Graça


Às vezes me pego a pensar sobre o imensurável amor de Deus pelos homens e fico intrigado, como pode um ser tão grande e poderoso amar e valorizar uma criatura tão pequenina como nós?
Mais do que isso, que amor é esse que transcende a pobre e limitada imaginação humana? Afinal de contas, Ele nos amou de uma forma que ninguém nunca poderia imaginar ser possível.
Diante desses pensamentos sou levado a pensar que a base desse amor está no caráter imutável de Deus, que graciosamente o manifesta em nossa direção, quebrando todas as cadeias do pecado que fazem separação entre nós.
E, por incrível que pareça, mesmo sem merecer, o homem pode desfrutar da graça de Deus sendo derramada gratuitamente sobre sua vida. Isso não acontece por méritos, para que ninguém tenha com que se engrandecer, ou se gloriar.
A Graça Divina é a revelação do Pai, através da morte vicária de Jesus Cristo, na cruz do calvário. Ela tem como objetivo salvar a humanidade da escravidão do pecado, onde ela mesma se prendeu, mas que não era capaz de libertar-se sozinha, e ao mesmo tempo restaurar a aliança entre o homem e Deus.
Sem a Graça seria impossível a qualquer ser humano sair da eterna prisão do pecado, e, consequentemente, encontrar libertação de seu avassalador poder. Também seria impossível relacionar-se com o Eterno, pois como diz a Bíblia, o pecado faz separação entre nós e Deus.
A Maravilhosa Graça de Deus é o agente escolhido por Ele para nos trazer libertação. Ela é um dom imerecido, mas que qualquer pecador pode desfrutar, desde que decida seguir a Jesus como seu único e suficiente salvador.
Como já dissemos acima, mas vale à pena repetir, ela não nos fora dada porque merecemos, mas sim, pelo eterno e perfeito amor do Pai, que se manifestou com grande salvação através de seu Filho na cruz.
Viver a graça é desfrutar de todas as bênçãos do Eterno liberadas em nossa direção. Ela nos dá a certeza de que podemos achegar até o trono, e permanecer na presença do Rei.

19 outubro 2011

Há Unidade na Diferença

Cada indivíduo é um ser único, portanto diferente de qualquer outra pessoa existente na face da terra. Ninguém é igual, todos têm características, qualidades e defeitos completamente diferentes uns dos outros.
Por mais parecidos que duas pessoas pareçam, elas nunca serão iguais, sempre manifestarão alguma coisa que a difere completamente das outras. Nem mesmo gêmeos idênticos são perfeitamente iguais. Eles podem até ter alguma semelhança, mas são completamente diferentes no caráter, na personalidade, enfim, em quase tudo.
O que a maioria das pessoas não se da conta que é justamente essa diferença que nos faz um. Quando Deus criou o homem, Ele faz macho e fêmea, portanto dois seres parecidos, da mesma espécie, mas completamente diferentes. A partir daí todo ser humano que passou pela terra foi um ser único.
É interessante ver tantas pessoas brigando diariamente, pois não conseguem conviver com as diferenças manifestas na vida de outra pessoa. A maioria fica incomodada e por esse motivo tentam imprimir nos outros suas próprias características em uma tentativa inútil de tentar fazer com que o outro seja igual a elas.
A diferença de cada individuo é extremamente importante para o bom desempenho que teremos aqui na terra. Isso porque, nossa diferença é a causa de estarmos sempre juntos. É como os pólos positivos e negativos, completamente diferentes, mas que se atraem para completar. Deus permitiu que fôssemos diferentes, pois sabia que seríamos atraídos por ela. Mais do que isso, ela é capaz de nos completar como corpo.
O apóstolo Paulo diz o seguinte sobre o assunto: “Ele mesmo deu uns para apóstolos, outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres.” (Efésios 4. 11). Segundo o apóstolo, as diferenças são uma forma de Deus trabalhar na igreja.
Cada indivíduo é importância dentro do Reino de Deus. Nele não há maior ou menor, mas cada um tem sua tarefa para desempenhar no corpo de Cristo, que é a Igreja.
Por isso, é de extrema importância que saibamos conviver com nossas diferenças, pois elas se completam na sublime tarefa de levar o evangelho do Reino a todas as tribos, povos e raças.
 Por mais estranho que possa parecer, por mais difícil de assimilar que pareça à limitada mente humana, existe um propósito especial nas diferenças, que é de nos tornar um em Deus.

18 outubro 2011

Vencendo Através da Fé

Poucas pessoas conseguem compreender verdadeiramente o poder que a fé é capaz de desencadear. Quando alguém entra na presença de Deus com coração completamente contrito, crendo que somente Ele é capaz de operar o impossível os céus se movem a seu favor. 

Conhecemos inúmeras histórias de homens e mulheres que chegaram diante do Eterno em busca de um milagre e quando saíram carregavam com eles aquilo que haviam ido procurar. 

A fé é capaz de tocar o coração de Deus a favor do homem, ela atraí ao Todo Poderoso de forma sobrenatural, ela age como agente transformador entre o homem e o Altíssimo. 

Todos aqueles que entregaram seus maiores pesadelos, problemas e dificuldades em suas mãos crendo completamente nEle alcançaram o milagre. 

Segundo a Bíblia, a fé agrada o coração de Deus, e isso faz com que Ele volte seus olhos para aquele busca a sua face. Por esse motivo, a palavra continua dizendo, todos aqueles que se chegam até Ele devem estar com seus corações completamente fortalecidos na fé de que Ele pode fazer tudo que estão pedindo. 

Muitos homens buscam a vitória através de seus próprios braços, de seus próprios esforços, e acabam se esquecendo que fé aponta para uma completa dependência dEle. Não adianta ao homem dizer que acredita no poder de Deus e continuar tentando fazer as coisas da sua maneira. 

Para alcançar o milagre que procura, para alcançar a salvação, para conseguir a vitória, é extremamente necessário que a pessoa tenha fé no Deus do impossível, pois dessa forma Ele moverá os braços a seu favor.

16 outubro 2011

Uma nova vida em Cristo

Diariamente encontramos pessoas frustradas em várias religiões, inclusive a evangélica, pois não conseguem encontrar aquilo que estão realmente buscando. São pessoas infelizes, que vivem pulando de um lugar para o outro a procura de algo que possa satisfazer suas necessidades.
O que a maioria não entende é que estão buscando de forma errada, ou melhor, a coisa errada. A motivação de seus corações está em algo que possa satisfazer seus desejos por coisas materiais, e quando não conseguem alcançá-los acabam ficando cada vez mais insatisfeitas.
O que temos visto nos últimos dias são pessoas procurando aderir novas religiões mais pela satisfação pessoal do ter, do que propriamente do ser. Elas querem algo que preencha suas necessidades financeiras, querem adquirir bens, etc.
Diferente do que a maioria busca, o evangelho do Reino de Deus promete coisas completamente diferentes das que busca essa geração. Ele promete libertação dos pecados, salvação, cura, transformação, enfim, ele promete uma nova vida em Cristo.
Mais do que uma odisséia pela conquista no nível do ter, o que encontramos na palavra de Deus é uma transformação genuína no ser. A mudança de caráter é a marca principal daqueles que se decidiram por andar nesse novo caminho.
Enquanto as pessoas estiverem dentro das igrejas procurando apenas por satisfação pessoal continuarão frustradas, ou pulando de um lado para o outro sem saber como encontrar aquilo que realmente as satisfaça. Isso porque, a única coisa capaz de saciar completamente os desejos e anseios do coração humano está no seu Criador.
Quando o homem decide buscar a coisa certa, encontra mais do que simplesmente bens materiais ou satisfação pessoal, ele encontra uma nova vida, prometida por Deus para todos aqueles que aceitam viver debaixo de sua vontade.
Segundo a Bíblia, essa nova vida é regada de amor, alegria, paz e completa satisfação. Ela começa a mudar o mais profundo do coração do homem, restaurando sentimentos até então adormecidos.
Além disso, é impossível a todos os que se rendem a Deus continuarem vivendo sozinhos, pois Jesus promete a todos aqueles que decidem segui-lo, além de uma nova vida, uma nova família, a família de Deus.

14 outubro 2011

Os Dois Mandamentos


É fácil utilizar de palavras bonitas, frases copiadas e músicas bem tocadas para apresentar seu amor a Deus, difícil é expressá-lo da maneira como o Senhor realmente deseja.

Muitas pessoas vêm dizendo amar a Deus de forma sobrenatural, quando cantam alguma música choram copiosamente, se dizendo verdadeiros adoradores do Altíssimo, mas na hora de demonstrar esse amor acabam caindo na mesma condenação que muitos outros caíram.

Isso porque, não demonstramos nosso amor por Deus só pelas músicas, louvores, idas e vindas à igreja. A melhor forma de demonstrar esse amor é através da obediência a sua Palavra, e nesse quesito muitos vem deixando a desejar.

Quando perguntado sobre os mandamentos Jesus os resumiu em apenas dois, “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. [...] e amarás o teu próximo como amas a ti mesmo.” (Mateus 22. 37, 39).

O mais interessante é que as mesmas pessoas que choram em meio à chamada adoração acabam desprezando esses mandamentos segundo após saírem das reuniões. Não estamos dizendo que todas as pessoas que agem dessa forma estão erradas, mas sim da verdadeira forma de medir a verdadeira adoração de uma pessoa.

A melhor maneira de manifestar nosso amor a Deus é através da completa entrega de nossos corações, pensamentos e atitudes a Ele, o reconhecendo como único Senhor e Rei de nossas vidas.

Outro fator importantíssimo para demonstrar nosso amor pelo Eterno é através do amor que manifestamos ao nosso próximo. Não basta dizer que o amamos, mas continuamos tratando aqueles que estão a nossa volta com desprezo, amargura, grosserias, etc.

Portanto, precisamos aprender a obedecer a Palavra de Deus. Não basta levantarmos nossas mãos, sacrificarmos determinadas coisas, é necessário obedecer. A melhor forma de adorar ao Eterno é através de total obediência aos seus mandamentos.

O amor a Deus e o amor ao próximo são partes fundamentais da vida cristã, neles estão expressas todas as características primordiais que definem o caráter daqueles que dizem servir e adorar ao Senhor.

06 outubro 2011

A Falsa Piedade

Infelizmente encontramos inúmeras pessoas vestidas em um manto de falsa piedade com objetivo de esconder dos outros aquilo que realmente são. 

Vivem disfarçadas de pureza e piedade, julgando e excluindo todos aqueles que não se adéquam ao seu modo de vestir, andar e falar. É como se fossem as pessoas mais santas da face da terra. 

O problema é que essa falsa piedade vem destruindo e maculando o verdadeiro evangelho, imprimindo no coração das pessoas do mundo revolta e desconfiança daqueles que se dizem cristãos. Esse tipo de pessoa vive uma coisa quando estão envolvidos na igreja, mas agem e falam de forma completamente diferente quando estão distantes. 

São péssimos funcionários, pais ausentes, vizinhos irritantes e pessoas completamente intragáveis. A falsidade é a grande marca da vida desses indivíduos que buscam apenas satisfação pessoal e estão longe de fazer a vontade de Deus.

O verdadeiro evangelho está muito aquém de um estereótipo santarrão, cheio de não me toques, com palavras formais e completamente distante daquilo que Deus realmente projetou. 

Quando falamos em falsa piedade nos referimos a uma vida onde os valores fundamentais do evangelho do reino são esquecidos e os homens passam a seguir um dogmatismo que beira o profano e que só afasta as pessoas da verdade. 

É fácil aparentar ser uma coisa, mas difícil é ter atitudes que condizem com aquilo que se está pregando. Cada uma das vezes que uma pessoa deixa a desejar em suas atitudes está cometendo o pecado da falsa piedade. 

O homem pode enganar a todos, todo o tempo, mas nunca conseguirá enganar a Deus. Ele, o todo Poderoso, vê tudo. Sua Palavra diz que Ele contempla bons e maus. 

A integridade é uma qualidade que todos esperam ver naqueles que decidiram seguir a Jesus. O mundo está cansado de pessoas estereotipadas, vivendo uma falsa piedade, mas que vive sempre na prática do pecado. 

A criação geme esperando a revelação dos verdadeiros filhos de Deus, daqueles que fazem tudo que falam, que não tem medo de mostrar quem realmente são. O mundo procura pessoas que sejam referenciais, que lhes aponte o caminho e mostre a verdadeira direção. 

Que tipo de pessoa você é? Daquelas que vivem na mediocridade, fingindo ser uma coisa que não são, ou faz parte do grupo dos verdadeiros adoradores, que mesmo sabendo que são imperfeitos continuam lutando para levar o verdadeiro evangelho a um mundo perdido e que clama por salvação? 

Você decide de que lado quer estar, mas com certeza receberá as consequências de suas escolhas. Você pode viver escondido atrás de uma falsa piedade, ou pode seguir a vontade do Rei para sua vida.

04 outubro 2011

Marionetes


Existem muitas pessoas vivendo as expectativas dos outros. Elas agem, falam, vivem da maneira que as pessoas que estão a sua volta desejam que vivam. 

É como se não tivessem vida própria, em muitos casos parecem apenas robôs teleguiados seguindo ordens de um programador que lhes direciona em tudo. 

Esse tipo de pessoa passa seus dias sem vontade própria, está sempre vivendo o desejo dos outros. São como grandes marionetes, que fazem apenas aquilo que o manipulador oculto permite. 

Infelizmente essa é a realidade física e espiritual de grande parte dos indivíduos. Estão presos em grandes cordões, com seus movimentos completamente controlados pelo seu mestre. 

Deus não criou o homem pára viver dessa maneira, quando o fez, deu-lhe o poder de escolher entre querer ser livre ou escravo. Cristo morreu para que o homem pudesse alcançar a verdadeira liberdade nEle. 

É propósito do Senhor que o homem esteja apto a poder escolher que tipo de atitude irá tomar, afinal, Ele o criou dotado de livre arbítrio, ou seja, direito de poder escolher entre o que irá, ou não, fazer. 

A manipulação é uma arma utilizada pelos covardes para manter cativas as pessoas debaixo da sua vontade. A pessoa manipulada muitas vezes nem percebe o que está acontecendo, e quando nota não tem forças para se livrar das garras do manipulador. 

O apóstolo Paulo aconselhou seu discípulo, Timóteo, a não se deixar levar pelos contos, fábulas e histórias de velhas caducas, que tinham apenas o objetivo de manipular a verdade a seu favor, a fim de fazer com que as pessoas estivessem presas cumprindo suas vontades. 

Se observarmos atentamente as palavras e os ensinamentos de Jesus, perceberemos que um de seus objetivos era libertar a população da manipulação disfarçada de religiosidade que imperava em sua época e que normalmente era impressa na mente dos cidadãos pelos líderes e poderosos da nação. 

O Eterno não criou o homem para ser uma marionete nas mãos de indivíduos governados pelo diabo. Ele o fez para ser completamente livre, em todas as áreas de sua vida. 

Porém, para alcançar essa liberdade é necessário que a pessoa se renda completamente a vontade do Senhor, permitindo que Ele mostre onde você está preso, e que vá tirando as cordas que vem mantendo cativa a sua vida. 

Você não é uma marionete nas mãos de um aproveitador. Você é o brilho da glória de Deus resplandecendo toda a sua luz no meio de uma geração completamente cativa.

01 outubro 2011

Atitudes que Levam ao Sucesso


Diariamente encontramos pessoas completamente concentradas na busca pelo sucesso. Para alcançá-lo elas fazem coisas inacreditáveis, algumas são boas, e conduzem a pessoa até seu objetivo. Outras são completamente destrutivas, e afastam o indivíduo da sua meta.
A verdade é que para que alcançar o sucesso são necessárias algumas atitudes primordiais. A primeira atitude é da perseverança. Ninguém consegue chegar ao seu objetivo sem que persevere em seu alvo. A perseverança nos faz olhar diretamente para a meta, como se não existisse outra coisa ao redor.
Pessoas inconstantes têm ideias excelentes, mas nunca conseguem chegar a lugar nenhum. Elas não conseguem permanecer firmes no propósito, na primeira dificuldade abandonam o barco e deixam de lado aquilo que estavam buscando.
A segunda atitude importante para se alcançar o sucesso é a do compromisso. Embora algumas pessoas confundam compromisso com perseverança, eles apenas se completam na trajetória rumo à conquista.
O compromisso está ligado ao amor que a pessoa tem pelo projeto. Alguns são tão relapsos que fazem as coisas de qualquer maneira, não colocam seus sentimentos, sua vontade e paixão. Buscam o sucesso como se fosse algo comum, e acabam perdendo o foco principal.
Pessoas descompromissadas não se entregam ao seu projeto, tratam todas as coisas como naturais, fazem tudo relaxadamente. O compromisso está ligado à busca do melhor, a fazer bem feito e a completa entrega em direção à conquista.
A terceira atitude primordial é a do investimento. Para alcançar o sucesso é necessário investir no projeto. Sem investimento a pessoa está fadada ao fracasso. Todo investimento gera resultado. A falta de investimento mostra o descaso que a pessoa tem com seu objetivo. Muitas pessoas estão buscando novas conquistas, tem boas ideias, tem habilidades, mas não querem investir o necessário para que as coisas aconteçam.
Quando falamos de investimento a primeira coisa que vem a cabeça da maioria é o fator dinheiro, mas esse é apenas uma das várias maneiras de investir.
Poderíamos citar como exemplo de investimento o fator tempo, as pessoas querem conquistar mais nunca investem o tempo necessário na realização do projeto.
É claro que poderíamos apontar inúmeras outras atitudes capazes de levar um indivíduo a alcançar o sucesso em sua vida, mas o importante é que tenhamos bem definido qual é o nosso alvo de conquista, pois sem ele nunca chegaremos a lugar nenhum.
Lembre-se, para alcançar o sucesso é necessário perseverança, compromisso e investimento.

PROFISSIONAIS HUMANOS